Transtorno de Esquiva

O transtorno de esquiva é um transtorno psíquico caracterizado pela timidez exagerada e inibição social. Indivíduos que sofrem da doença tendem a se sentir incapazes e, com isso, acabam sozinhos e isolados. Pessoas com esse transtorno possuem dificuldades em lidar com críticas. Tornam-se mais reclusas a fim de evitar situações que possam ridicularizá-la ou humilhá-la.

Pacientes com transtorno de esquiva necessitam de atenção. O diagnóstico é dado através de observação tanto das pessoas que o cercam quanto da psicóloga. É preciso prestar atenção nas atitudes, na forma de pensar e nas reações do indivíduo em situações cotidianas e atípicas. E, principalmente, levar em consideração as singularidades e o contexto em que cada pessoa está inserida. O tratamento é baseado em terapias que estimulem o contato social do paciente.

Rolar para o topo