Tratamento da Ansiedade

Caracterizado por antecipar situações de perigo de modo a evitar episódios desagradáveis ou constrangedores, o transtorno de ansiedade leva o indivíduo a um permanente estado de preocupação com um futuro próximo. O medo das coisas “darem errado”, inconscientemente, este indivíduo passa a “prever” e se esquivar de todo e qualquer cenário ameaçador para ele.

A maior preocupação de quem sofre do transtorno de ansiedade é encontrar-se desprevenido ou desavisado de alguma situação e, por isso, reagir de forma irresponsável ao acontecido. Neste quatro, ocorre um desgaste constante ao colocar para si questões como “não posso esquecer nada”, o que pode levar ao “se eu pensar mais, certamente consigo resolver a questão”, e ciclo segue em “looping”, ou seja, ao terminar uma linha de raciocínio, outra se inicia imediatamente e com o mesmo propósito.

Por outro lado, a ansiedade pode ser – e o é, de fato – algo natural. Num nível saudável, por exemplo, pode ser vista apenas como um sentimento de “espero que tudo dê certo”. Trata-se de uma intensa atividade cerebral que, quando combinada com o organismo, tende a expressar até mesmo sintomas físicos. Veja algumas possíveis manifestações físicas decorrentes do transtorno de ansiedade.

Rolar para o topo